Perspectiva e fato

10368191_815088241899607_6335027890040269076_nNa verdade, essa máxima encontra-se, de um certo modo, defasada!

É óbvio que, para que haja interpretação, deve haver um acontecimento em torno do qual se possa predicar algo – isto a que chamamos de “fato”.

Todavia, imagino que Nietzsche, ao fazer tal afirmação,  pretendia enfatizar o caráter de relacionalidade das coisas, e de como impregnamos através de nossas individualidades, as interpretações que fazemos dos fenômenos e das coisas.

Isso implica que, quanto mais ampla for nossa visão, mais lúcida será a interpretação que doamos as coisas a partir de nossas perspectivas.

E nos tornaremos aptos a interpretar o fato como algo mais próximo de uma verdade.


 

Categorias:opinião

Marcado como:, ,

Feedback, por favor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s