Jimmy Raney – ao mestre, com carinho

Jimmy Raney foi um guitarrista de sofisticado e definitivo em seu estilo, um solitário bop com um som silencioso que teve uma grande inspiração interior. Ele trabalhou com grupos locais em Chicago antes de passar nove meses com Woody Herman em 1948. Desde então, ele estava nos principais agrupamentos, tendo ligações com Al Haig, Buddy DeFranco, Artie Shaw e Terry Gibbs. Seu trabalho com Stan Getz (1951-1952) foi histórico, como o par fez para uma parceria musical clássica. Raney também se sentia muito em casa no Red Norvo Trio (1953-1954) antes de passar seis anos trabalhando principalmente em um clube de música com o pianista Jimmy Lyon (1954-1960). Depois de tocar com Getz durante 1962-1963, ele voltou para Louisville e ficou fora da música por algum tempo, até finalmente ressurgir no início dos anos 70. Época durante a qual Raney gravou muitas vezes para Xanadu. Ele trabalhou com freqüência com seu filho, Doug Raney (que tem um som muito parecido com a guitarra) e foi menos ativo no final dos anos 80 e 90, até a morte de 1995.


Referências:

2 respostas

  1. Que alegria ler um texto em português sobre o clã dos Raney! Produziram discos em quantidade e nível absurdos!
    Ambos estão no meu panteão dos guitarristas!
    Obrigado!

    Curtido por 1 pessoa

    • Meu amigo Rogério, que prazer tê-lo aqui no blog. Confesso que não conhecia e esse texto é uma daquelas rapidinhas do tipo que havia pedido ao nosso amigo, photorocker, Cris Machado. Trarei mais em breve! Muito agradecido!

      Curtir

Feedback, por favor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s