Neivaldo Araújo: fraternidades musicais

01 caetanoMaria Bethânia em suas entrevistas costuma dizer que no início de sua carreira o mano Caetano Veloso era uma espécie de fiel escudeiro, e que seu pai só a deixou viajar para o Rio de Janeiro para substituir Nara Leão no show Opinião porque Caetano veio junto. Foi com essa convivência no meio artístico que nasceu o grande compositor. Apesar de Bethânia já ter gravado várias canções do irmão, musicalmente seguiram caminhos opostos. Bethânia não participou do tropicalismo, seguiu uma linha mais romântica, diferente de Caetano, sempre atento às mudanças e tendências da música. Um dos grandes momentos da parceria dos irmãos Veloso foi o disco lançado ao vivo em 1978. Entre tantos sucessos, Caetano cantou “Maria Bethânia”, do compositor Capiba, a música deu origem ao nome da irmã.

02 chicoTodo mundo sabe que a família Buarque é uma família de intelectuais e artistas, que tem como seu maior expoente Chico Buarque. As irmãs de Chico, Ana de Holanda, Cristina Buarque e Miúcha, gravaram discos entre as décadas de 70 e 80, mas quem ganhou mais destaque foi Miúcha, que casou-se com João Gilberto. Chico Buarque e Miúcha gravaram a música “Maninha”, parceria de Chico e Vinícius de Morais. A letra fala de uma infância imaginária, uma das mais bonitas canções falando da amizade de irmãos.

03 caimiDorival Caymmi teve três filhos: Dori, Nana e Danilo Caymmi, que tiveram uma nítida influência paterna, seguindo os caminhos da música e sendo eventuais parceiros. Apesar das carreiras solo, realizaram muitos trabalhos juntos, principalmente homenageando a obra do pai, com destaque “Para Caymmi 90 anos” em 2004, em que Nana, Dori e Danilo Caymmi comemoraram o centenário do pai – um exemplo de obra em que podemos encontrar reunido o talento dos irmãos Caymmi.

04 marinaCom a chegada dos anos 80, várias cantoras iniciaram suas carreiras, entre elas uma intérprete de voz doce e sensual, Marina Lima, que tem como principal parceiro seu irmão Antônio Cicero, poeta, crítico literário, filósofo e escritor, recentemente escolhido para a Academia Brasileira de Letras. Os irmãos escreveram vários sucessos gravados por Marina, entre as canções, destaca-se “Fulgás”, “Charme do Mundo” e “Para Começar”. Outro grande sucesso de Marina, a música “A Francesa”, é uma parceria de Antônio Cícero com Cláudio Zoli.


Por: Neivaldo Araújo

Revisão: Emanuela Fontenele

7 respostas

Feedback, por favor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s