Control Denied – The Fragile Art of Existence

“A prova definitiva da genialidade de Chuck Schuldiner!”

cd-04A história do Contro Denied começa com a insatisfação de Chuck Schuldiner com o rumo para o qual o Death Metal como gênero musical havia tomado. […] De acordo com as pesquisas, “The Sound Of Perserverance“, último disco de sua banda principal, foi concebido como um trabalho para  o Control Denied. Entretanto, devido ao contrato recém assinado com a gravadora Nuclear Blast, – para quem precisava entregar um álbum novo -, Schuldiner decidiu lançá-lo sob a alcunha Death antes de se dedicar exclusivamente à sua nova banda.

cd-08Após o lançamento de “The Sound…“, Chuck finalmente se sentiu pronto para avançar com suas novas idéias. Para tanto, formou um quinteto com parceiros antigos e um vocalista em tempo integral. Juntos, se jogaram na concretização de “Fragile Art of Existence”. Neste novo ciclo, a sua música parece ter servido de âncora para a base de fãs órfãos do Death durante o tempo que precisaram para se reorientar. De toda forma, ao que tudo indica, pelo menos aos olhos de Schuldiner, tudo estava planejado para dar certo. O que Chuck não poderia imaginar é que mas tudo daria certo, sim! Bom… pelo menos até o ponto em que a tragédia permitisse.

cd-06Chuck convidou o baterista Chris Williams, o guitarrista Shannon Hamm e o baixista Scott Clendenin (todos, integrantes da banda Talonzfury) para formar o Control Denied. Pouco depois o baterista Chris Williams deixa a banda e é substituído por Richard Christy, com quem gravaram a primeira demo “A Moment of Clarity”Tim Aymar (Pharaoh) e Steve DiGiorgio, juntam-se ao grupo posteriormente. Então, no final de 1997 a banda assina contrato com a editora Nuclear Blast Records para, dois anos após, lançar o álbum The Fragile Art Of Existence. Naquele mesmo ano Chuck é diagnosticado com um tumor cerebral.

Apesar da doença, Schuldiner começa a escrever material para o segundo álbum da banda: When Man And Machine Collide. Em 2001 a sua doença piora e em Dezembro do mesmo ano, após dois anos e meio de luta, falece o fundador e mentor das bandas Death e Control Denied.

cd-05The Fragile Art Of Existence (1999) é um álbum único em todos os sentidos. Nele, as estruturas quebram sobremaneira a métrica tradicional, dando à obra uma dinâmica totalmente incomum. Há um senso filosófico apurado no qual as letras parecem ser produto de reflexões profundas e particulares. Nesse sentido, os conceitos giram em torno de temas como a morte, a vida, a sobrevivência e o significado dessas experiências no universo das construções sociais através das quais elaboramos nossa própria evolução. “The Fragile…” está impregnado da visão de mundo de seu idealizador. É um trabalho denso, complexo e a prova definitiva da genialidade de Chuck Schuldiner.

Tracklist:
01-Consumed (7:24)
02-Breaking the Broken (5:41)
03-Expect the Unexpected (7:17)
04-What If…? (4:30)
05-When the Link Becomes Missing (5:18)
06-Believe (6:10)
07-Cut Down (4:51)
08-The Fragile Art of Existence (9:38)

Nota: 10.


Referências:

 

Feedback, por favor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s