Kobra and The Lotus – Colocando paixão e alma na sua música

15873444_10154403947316633_7297097266929529870_n“Mais pesada, mais dinâmica e mais ousada!”

Formada em 2009, Kobra And The Lotus contém a alma e a paixão da vocalista canadense Kobra Paige. Durante os 8 anos de sua jornada, a banda passou por mudanças significativas no seu som e na formação evoluindo e criando o que é facilmente o álbum mais forte da sua discografia. Na verdade, o título intitulado Prevail é uma demonstração de força por parte da banda, que escolheu fazer um álbum duplo a ser lançado em duas partes em anos subsequentes – um empreendimento que muito poucos artistas têm culhões para tentar.

17904219_10154708533081633_577834303016033340_nRapidamente recebeu atenção no Canadá e nos EUA com seu álbum de estréia, Out Of The Pit, em 2010. O lançamento de seu segundo álbum auto-intitulado em 2012 e de High Priestess em 2014 possibilitou a banda partir em turnê mundial como headliner e suporte, incluindo uma turnê norte-americana com KISS e Def Leppard. Infelizmente, Kobra foi forçado a pausar suas atividades por 8 meses por motivo de doença. Mas a banda se recuperou e ganhou o impulso necessário com o EP Words Of The Prophets de 2015. Na verdade, o EP era uma prévia para o nascimento do álbum Prevail, que consolidou a relação de trabalho entre a banda e o guitarrista Jasio Kulakowski, que se juntou ao grupo em 2012.

A ideia de fazer um álbum duplo foi introduzida pelo pai de Kobra, que sugeriu que eles fizessem isso porque a grande maioria dos artistas de metal de geração mais jovem não tem culhões pra isso. Kobra admite que achava aquilo uma loucura e que poderia ser uma maneira infalível de cometer suicídio.

“Uma semana depois, não consegui tirar a ideia da cabeça porque não via nenhuma razão pela qual não conseguíssemos realizar aquilo”, diz Kobra. “Nós poderíamos pelo menos tentar, e dessa forma fazer uma afirmação ousada de que a Kobra And The Lotus ainda continuava firme e forte!”

26804882_10155507850201633_8709491916988341648_nQuando a banda assinou com a Napalm Records, que apoiava 100% do conceito do álbum, a gravadora optou por dividir a versão de Prevail em duas partes, porque sentiam que era muita informação para jogar na cabeça das pessoas de uma só vez. 21 músicas no total (incluindo um cover), Prevail I e ​​II se continham um material excelente e diversificado. Eles escreveram e gravaram juntos com a direção do produtor Jacob Hansen. De acordo com Kobra, a banda foi para a Dinamarca quase completamente de mãos vazias e tinha muito pouco material preparado. O que chama de uma “experiência incrível”, em que toda a escrita aconteceu em um lugar, e, onde os membros da banda puderam trocar idéias entre si e se encorajar mutuamente.

KATL_Prevail_I“Eu diria que cerca de 85% do Prevail aconteceu no estúdio”, afirma Kobra. “Uma vez que víamos as músicas ganharem cor. Trabalhando dessa forma, começamos a nos sentir confortáveis ​​com o processo. Houve algumas coisas únicas que aconteceram porque estávamos todos juntos. Havia uma visão totalmente nova e diferente para esse álbum. Eu não sabia como aconteceria, mas muito disso foi intuitivo. Jasio é meu parceiro de escrita e ele é uma força criativa. Nós nos prendemos quando escrevemos, foi incrível. Estou muito orgulhosa e muito feliz com a forma como o álbum foi concluído.

Prevail marca a estreia do Kobra And The Lotus como integrante do cast da Napalm Records, e para nós, esta colaboração é a primeira de muitas.

cover_“É uma daquelas coisas incríveis que acontecem e eu me sinto tão abençoada que a Napalm tenha se interessado por nós. Sempre que estivemos nos preparando para lançar algum material, eles estiveram nos observando. Mas nós sempre íamos para outro lugar e nunca era a hora certa (risos). Ok, foi a hora certa no momento em que precisávamos crescer, e a Napalm acabou sendo o melhor selo que poderíamos querer porque eles são dedicados e trabalham muito duro. Há muita energia juvenil no pessoal e isso é uma bênção em comparação a outros contratos que tivemos. Acho que não sabíamos o que era ser apoiado por um selo até assinarmos com a Napalm. “

27336784_10155570651821633_7578064014001430706_nNos meses anteriores ao lançamento do Prevail, os fãs foram atiçados com três singles: “Trigger Pulse“, “Gotham” e “You Don’t Know“. Não é nenhuma surpresa que eles relembrem alguns dos materiais como o disco High Priestess, graças à parceria de Kobra com Jasio. Eles sabem o quanto cresceram como compositores e músicos desde o último álbum. Em tese, parece que a banda se tornou mais pesada, mais dinâmica e mais ousada; na prática, mais coesos!

Atualmente a banda é formada por Kobra Paige – vocais, Jasio Kulakowski – guitarras, Brad Kennedy – baixo e Marcus Lee – bateria.


Referência:

 

Feedback, por favor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s