Soufly – Orgulho do passado e mente aberta para o futuro!

De todas as figuras do cenário rock/metal que acompanho desde que fundei o site, uma das que mais me impressiona pela capacidade de criar e de reproduzir pesadelos sonoros é a de Max Cavalera. O homem que, aos trancos e barrancos, amadureceu e transformou sua rebeldia juvenil em sabedoria musical. Hoje, a persona do frontman de banda de metal famosa ganha ares místicos pela semelhança com a figura de um Xamã, que através de sua música brada refrões de protesto e prega a revolução. A estes papéis, somam-se ainda, o de cidadão indignado, marido, pai de família e compositor.

soulfly3

Max firma-se no cenário musical da atualidade como um chefe tribal “postiço” para uma geração de fãs órfãos de bandas que passaram a mimetizar um conjunto de mudanças estéticas como forma de adaptação aos padrões mercadológicos atuais. Como um legítimo representante do terceiro mundo, Max estabeleceu uma identidade muito sólida com os povos oprimidos de todo o globo e, por isso, onde quer que vá e em qualquer lugar onde as pessoas sintam-se privadas de seus direitos básicos, – antes com o sepultura, e agora, com o Soulfly – as fãs cantam suas músicas como se fossem hinos de guerra.

soulflyEm Ritual (2018), novo e 12º álbum de estúdio, Max olhou pro passado e inspirou-se em algumas das melhores coisas feitas com o Sepultura em Schizophrenia e Beneath The Remains e, por isso, o resultado promete ser algo elaborado e poderoso. Na música Dead Behind The Eyes (que você pode acompanhar abaixo), tem Randy Blythe (Lamb of God) participando dos vocais. É por essas e outras que este pode ser o melhor disco do Soulfly nos últimos anos. Na parte técnica, este álbum, que será lançado no dia 19/10/18, foi produzido, gravado e mixado por Josh Wilbur (Killer Be Killed, Lamb Of God, Gojira). A arte da capa foi idealizada pelo artista Eliran Kantor (Testament, Iced Earth, Sodom). As fotos do encarte foram tratadas por Marcelo Vasco Arts (Slayer, Hatebreed, Kreator), que também trabalhou no desenho do pack. O álbum apresenta ainda como convidado, Ross Dolan (Immolation).


1 resposta

Feedback, por favor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s